84-AUTO-CRÍTICA
                                        AUTO-CRÍTICA
 
 
Os dicionaristas falam em criticar como sendo o ato de examinar, notando a perfeição ou o defeito das pessoas ou coisas.
 
Assim também é aceita a palavra crítica no campo da psicologia e da psiquiatria, isto é, uma apreciação criteriosa e equilibrada que termina por julgar o objeto da avaliação como sendo errado ou verdadeiro, favorável ou negativo, valioso ou censurável.
 
Êste processo de julgamento aplica-se a nós mesmos também e, assim, passa a se chamar auto-crítica. Na auto-crítica o indivíduo estabelece uma valoração subjetiva de si relacionada ao ambiente objetivo.
 
Toda vez que nos impomos um ajuizamento próprio podemos, naturalmente, chegar a uma conclusão positiva ou negativa, favorável ou desfavorável. A maioria das  pessoas tem o hábito de se posicionar nos polos extremos, assumindo ajuizamentos quase sempre errôneos justamente porque são extremos, absolutos.
 
Há pessoas nas quais se reconhece fàcilmente a chamada idéia fixa  de superioridade, a mania de grandeza: são pessoas que se avaliam como sabidas, espertas e inteligentes em grau superlativo; são os falsos onipotentes.
 
Por outro lado, existem pessoas dadas ao sentimento de inferioridade, ao conhecido complexo de inferioridade, segundo o qual elas se classificam como incapazes de quase tudo; são pessoas derrotistas que entregam as armas antes de iniciar o combate.
 
Na verdade, é preciso que se cultive o salutar costume de levar o têrmo crítica na conta de que é uma análise criteriosa da realidade, análise esta que pode nos levar a uma ponta favorável ou desfavorável ou então a um meio -têrmo. Realmente, as pessoas são, no comum, sêres medianos em tudo.
 
As nossas conclusões extremadas sôbre nós mesmos e sôbre tudo que nos cerca (pessoas e coisas) são fruto do vício do pensamento ou preconceito.
 
Necessitamos ficar em estado de alerta na condução das nossas apreciações para estabelecermos auto-crítica serena, sem abusos megalomaníacos nem sentimentos de insignificância.
 
Wilson Ayres Côrtes
  Médico psiquiatra
    CRM-SP 7629

Voltar