82- VALOR DO AFETO

Crianças de até 30 dias de idade, acolhidas pelos seus próprios pais durante o primeiro mês de vida, revelam desenvolvimento compatível com a média de normalidade; por outro lado, crianças em iguais condições, porém com acolhimento de pessoas especializadas de um famoso hospital, revelam quadro de variado grau de distrofia (deficiência da evolução física e mental).
 
Ficou comprovado que técnicos de puericultura (ramo da medicina da criança), não conseguem suprir  exigência emocional do recém-nascido. Acontece que, se o recém-nascido distrófico (definhado) voltar ao regaço (colo) da mãe, melhora ou fica curado.
 
Observe-se que os profissionais do hospital que cuidaram daqueles recém-natos eram especialistas dedicados e bem treinados no trato de bebês até um mês de vida (A Vida Emocional do Recém-Nascido - René Spitz).
 
Melanie Klein, a psicanalista das crianças, explica sôbre a dinâmica psicológica nessa tenra idade, como sendo a captação subconsciente de situação profundamente sentida como privação afetiva ameaçadora da sobrevivência.
 
O conjunto dessas idéias pode ser estendido ao longo da adolescência com prejuízo do desenvolvimento, embora a carência afetiva complique a evolução do indivíduo desde a puerícia (idade do nenê) até a adultícia (idade do adulto). 
 
Quando falta às crianças o cuidado dos pais percebe-se dano de variada gradação, sendo que isto é constatação habitual e até leiga, como que, comprovando o acêrto das idéias sptzianas e kleinianas.
 
Quando os fatos roubam às crianças o que lhes seria ideal (os pais) a tentativa prevencionista (prevenir para não precisar remediar) será o caminho menos longo e condição menos lesiva, ou seja, que se lhes dê o acolhimento de parentes mais próximos e de configuração similar aos pais.
 
Tal visão, por êsse ângulo, deve ser científica, quer dizer, o sucesso dessa providência será obrigatòriamente cotejado com frequentes avaliações feitas por profissionais de saúde especializados em crianças.
 
Wilson Ayres Côrtes
 médico psiquiatra
   CRM - SP 7629
Voltar