57-FIBROMIALGIA
FIBROMIALGIA O músculo é formado de cordões alongados chamados de fibras musculares; do sistema nervoso central (cérebro e medula espinhal) descem nervos que vão se encontrar com o músculo num determinado ponto onde fica a placa mioneural; essa placa mioneural é o local onde a intenção motora do indivíduo se transforma efetivamente em movimentos, posições e posturas. A musculatura do corpo, com o apoio do esqueleto e impulsionada pelos nervos, representa o equilíbrio, a locomoção e a força. Os estímulos cerebrais são levados pelos nervos até os músculos e os músculos executam movimentação e inércia de acordo com os propósitos da pessoa. As emoções também se transmitem das regiões específicas do cérebro para os músculos, produzindo, conforme a situação, ou tensão ou relaxamento; o relaxamento muscular é econômico e revela a sensação de bem-estar; já a tensão muscular é desgastante e revela mal-estar e incômodo. Na prática de consultório, o que vemos é que pessoas que sustentam grandes responsabilidades, que precisam aguentar grandes estresses, que se envolvem em circunstâncias angustiosas, a partir de certo momento, perdem a resistência física e psíquica, sentem-se incapazes de carregar o fardo da adversidade e revelam a sua falência através da simbologia do sofrimento no corpo: os músculos doem confessando a dor que vai na alma; a êsse dolorimento generalizado, de caráter crônico, se dá o nome de fibromialgia. A fibromialgia vem grassando no mundo inteiro, tornando-se uma síndrome muito frequente justamente porque a complexidade social se complica cada vez mais com as dificuldades que a vida nos oferece e, quanto mais responsável é a pessoa, mais fàcilmente se torna vítima da fibromialgia. Para evitar a fibromialgia é importante apelar para atividades físicas prazerosas como, por exemplo, natação, caminhada e dança de salão. Wilson Ayres Côrtes médico psiquiatra CRM-SP 7629
Voltar